Cabo Verde Diz Não aos Pesticidas

Financiador: Green Action Fund (Consumers International)

Período de execução: 01 de Agosto à 31 de Outubro de 2015

Orçamento: USD 3.008,19 (291.397$00 ECV)

Público-Alvo e/ ou Beneficiários: 30 inspectores, 70 agricultores, estudantes e consumidores no geral

Objetivos:

  • Educar 30 inspectores – responsáveis por controlar a importação de pesticidas na ilha de São Vicente e Santo Antão;
  • Educar 70 agricultores nas ilhas de São Vicente e Santo Antão;
  • Sensibilizar o público em geral;
  • Sensibilizar estudantes.

Atividades:

  • Comemoração da primeira semana verde em Cabo Verde (encontro com a Associação Agro-pecuária de Calhau e Madeiral; realização de 1 conferência de imprensa onde foi lançado a campanha “Um Cidadão, um Habitat, uma Árvore”, a campanha para a promoção de “Ciclovias em Cabo Verde” e o projecto “ADECO 100% Renovável…Já!”; Plantação de mudas de árvores no bairro de Portelinha; Realização de reportagem de rua, onde ciclistas expuseram as dificuldades que enfrentam, devido a necessidade da criação de ciclovias no país; Realização de encontros com a Direção de duas escolas do ensino básico; Atividades de sensibilização em escolas do ensino básico sobre temas alusivos à preservação da natureza, do meio ambiente e a alimentação saudável, que levaram a concepção e produção de cartazes e redacções feitos por 180 crianças; Realização de uma palestra sobre “Nutrição e Sustentabilidade” para mulheres);
  • Formação de inspectores e agentes portuários para reforçar o controlo da entrada de pesticidas nas ilhas de Santo Antão e São Vicente;
  • Formação de agricultores nas ilhas de São Vicente e Santo Antão sobre o uso incorrecto e indiscriminado dos pesticidas para a saúde dos consumidores no geral e para o meio ambiente – a formação consistiu na realização de dois seminários, uma na ilha de São Vicente e outro na ilha de Santo Antão, sobre o tema “Uso Adequado dos Pesticidas e Alternativas ao Uso dos Pesticidas Químicos na Agricultura”;
  • Realização de 4 exposições sobre “O perigo do Uso dos Pesticidas Químicos” em escolas secundárias da ilha de Santo Antão para mais de trezentos alunos;
  • Realização de 5 palestras com o tema “Efeito dos Pesticidas no Campo e na Agricultura e Alternativas ao Uso dos Pesticidas Químicos na Agricultura”, para 324 jovens estudantes das escolas secundárias e para 56 alunos do ensino para adultos;
  • Produção e emissão semanal de 3 micro programas nas seguintes estações de rádio;
  • Produção e emissão semanal de 3 micro programas de televisão, emitidos na Televisão de Cabo Verde (TCV);
  • Publicações semanais das atividades do projeto na página oficial da ADECO no Facebook e no Youtube.

Resultados:

  • 30 inspectores, 70 agricultores, estudantes e consumidores no geral mais conscientes sobre os perigos do uso inadequado dos pesticidas;
  • 30 inspectores, 70 agricultores, estudantes e consumidores no geral dispostos a contribuir para eliminar a entrada de pesticidas ilegais no país;
  • Reduzidos os impactos dos pesticidas na saúde dos consumidores, agricultores e no meio ambiente;
  • Filhos de agricultores, alunos e professores das escolas secundárias situadas próximos às zonas agrícolas informados e sensibilizados através das palestras sobre “Uso Adequado dos Pesticidas e Alternativas ao Uso dos Pesticidas Químicos na Agricultura” e sobre “Nutrição Sustentável e efeitos dos Pesticidas na Saúde”;
  • Comemoração pela primeira vez da Semana Verde em Cabo Verde.

×